“De certo que os homens inseridos nessa sociedade desenvolvem reflexões e contribuições às propostas democráticas e igualitárias e, portanto, lutam pela transformação do país.

MEDEIROS, J. L. Formação para o Trabalho x Formação para a Vida: Do princípio educativo do trabalho à educação emancipatória. Mauritius: Novas Edições Acadêmicas, 2019, p. 36.

Tags:,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *