EDUCAÇÃO, CULTURA E TRABALHO NO BRASIL

Estudos sobre Educação rementem à categoria Trabalho. Essa associação remonta o início da humanidade. O princípio educativo do Trabalho se reflete no desenvolvimento do ser humano enquanto ser natural e social que se torna sujeito de uma metamorfose constante e indissociável à vida. 

Através da filosofia da práxis é possível compreender os fenômenos sociais que são criados e recriados historicamente. Esta filosofia permeia a formação crítica e emancipatória do homem. Não se trata da educação escolar, mas sim da educação para a vida. 

A questão básica que está colocada é: Qual o tipo de formação humana se tem como referência e alvo? Segundo Ronaldo Rosas (2004) “[…] Tomando como exemplo a vertiginosa expansão do capitalismo no curso do século XX, nada menos surpreendente é a simetria verificada na relação entre o crescimento e a valorização da subjetividade e a estetização do dinheiro.” A afirmação do autor remete à ponta de um iceberg, cuja discussão reforça a influência do mundo do trabalho e do capital no processo da educação humana. 

O resultado dessa construção histórica se manifesta na cultura que, influenciada por ideologias, ratifica os padrões sociais. Entender como esse processo é construído, suas intenções e possíveis consequências é no mínimo tanto desafiador, quanto libertador. 

A cultura natural é a expressão de uma sociedade e se revela através de diversas linguagens ou características. Assim, compreender a linguagem e a comunicação em diferentes tempos e contextos é outro aspecto intrigante e motivador. 

A educação é a base do desenvolvimento do homem, visto que é através desta que são construídas e reconstruídas as novas formas de relações sociais e culturais. A sociedade tem na educação e na cultura a forma viva de sua expressão. 

Não se escreve aqui com o objetivo de convencer pessoas. O propósito é unicamente, e quiçá consiga-se, provocar inquietações e questionamentos. Desta forma, o objetivo deste site é compartilhar pesquisas, pensamentos e considerações a partir de pressupostos ontológicos e epistemológicos que visam se somar com aqueles que igualmente buscam contribuir para a realização do sonho de uma Educação libertadora e pautada na emancipação humana. 

Vamos juntos!
Atenciosamente, Jani.

Referência:
REIS, Ronaldo Rosas. Trabalho e conhecimento estético. Trab. educ. saúde [online]. 2004, vol.2, n.2, pp.227-250. ISSN 1981-7746.  http://dx.doi.org/10.1590/S1981-77462004000200002. Acesso em janeiro de 2020.

Tags:

One thought on “EDUCAÇÃO, CULTURA E TRABALHO NO BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *