A disciplina para Antonio Gramsci e Michel Foucault

O capítulo, escrito com o amigo Fabio Pereira, apresenta um breve panorama do Mundo do Trabalho cuja percepção dos olhares dos autores mostra a presença maciça do Estado como o poder integrador das mais distintas atividades. Através de um resumido retrospecto em que, com a Revolução Industrial inglesa em curso, novas formas de trabalho apareceram no contexto europeu. A história da humanidade tem seus reflexos na Educação Escolar que, desde antes da sua institucionalização registrava a característica disciplinar atuante e solidificando-se. A disciplina e a autodisciplina são analisadas sob a visão dos filósofos Foucault e Gramsci na expectativa de compreendê-las no cenário da educação moderna em que formação docente e currículo estão inseridos. O motivador neste trabalho foi identificar nos pensadores Foucault e Gramsci a divergência quanto a corrente filosófica porém a convergência quanto as questões disciplinares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *