A Lei nº 13.415/2017 e seu caráter imediatista e excludente.

A discussão é relevante principalmente porque o frequentador principal da escola pública é o jovem da classe trabalhadora.

Estamos diante de um projeto educacional em implantação que apresenta novas formas de

dualidade de ensino e precarização da formação de nível médio.

É necessário ler, compreender e analisar os impactos da nova lei que apresenta uma perspectiva excludente e de manutenção das grandes diferenças sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *